Psioríase - Doença não contagiosa

Psoríase é uma doença inflamatória crônica da pele, que acomete 3% da população brasileira, tanto homens quanto mulheres, e causa grande impacto na qualidade de vida do paciente.
Manifesta-se por lesões eritematosas (róseas ou avermelhadas) recobertas por escamas esbranquiçadas. Em alguns casos as lesões podem estar localizadas apenas nos cotovelos, joelhos ou couro cabeludo. Já em outros, as lesões se espalham por toda a pele. Frequentemente há acometimento das unhas. Embora não seja muito usual, existem casos em que as articulações também podem ser afetadas, causando a artrite psoriásica.

Surge geralmente na segunda década da vida. Quando acomete menores de 15 anos significa que existe uma característica hereditária e alguém na família tem a doença.

É uma doença crônica com períodos de melhoras e recidiva. Às vezes a melhora é espontânea ou através de uso de medicamentos.

Fatores que pioram a psoríase: estresse, alguns medicamentos, álcool, cigarro e o ato de coçar. O uso constante de hidratantes é muito importante para evitar o aparecimento de lesões novas. A exposição solar controlada melhora as lesões em atividade.

Na maioria dos casos as alterações cutâneas levam a problemas emocionais e sociais importantes. Os pacientes se sentem rejeitados ou discriminados socialmente, tendo dificuldades afetivas e profissionais.

No 29 de outubro é comemorado o Dia Nacional de Combate à Psoríase, segunda a lei 11.373 sancionada pelo presidente da república em 2006. O objetivo é promover nessa data campanhas de esclarecimento à população sobre a doença para acabar com os estigmas que existem e mostrar, que a psoríase NÃO É CONTAGIOSA. Tentando assim melhorar a qualidade de vida dos pacientes acometidos pela doença.
< Retornar ao Blog